INICIAÇÃO AO MUNDO DO VINHO

20 de julho de 2014 às 14:41

Este post é dedicado aqueles que me pediram através deste blog para abordar este tema.Nada melhor que fazê-lo nessa época quando há maior consumo de vinhos,principalmente tintos.

Alguns passos são importantes se você pretende conhecer mais a fundo este mundo fascinante:

QUAIS VINHOS AGRADAM VOCE?
Comece por eles.Deguste-os devagar.Mesmo que você não esteja familiarizado com vinhos,terá alguma percepção do aroma e do sabor.É o mesmo que fazemos se quisermos apreciar um belo risoto por exemplo.Se comermos sem prestar atenção ,perdemos a percepção de sua textura ,aroma e sabor. O ideal é que deguste os vinhos com comida.O vinho é alimento liquido.A junção  de vinho e comida vai agilizar seu aprendizado  e  melhorará sua avaliação dos vinho.

TESTE VINHOS DIFERENTES
Tomou o que gosta? Avance mais.No vinho,diferentemente da vida pessoal e profissional,ser infiel é uma qualidade.Prove uma uva não comum para você ou de uma região diferente.

Faço anualmente eventos onde abrimos inúmeras garrafas do mundo todo para as pessoas conhecerem vinhos diferentes(1).Estas ocasiões são imperdiveis para quem pretende conhecer a enorme variedade de vinhos existente .Não só de uvas ou regiões diferentes ,mas também de processos de elaboração variados.
No vinho,quando falamos em degustar e conhecer vinhos diferentes,sobretudo em eventos de grande quantidade de garrafas,não é necessário tomar o vinho.Você pode conhece-lo pelo visual,pelos aromas e por sua sensação na boca e depois descarta-lo em recipientes especiais disponíveis no local.

O TEMA VINHO INTERESSA A VOCE?

Hoje a internet nos fornece muitos recursos para quem quer ser autodidata.Há inúmeros blogs,entre eles o www.enoblogs.com.br que congrega os principais da área,do qual o meu faz parte.Ou então,comece por um curso básico de iniciação(2) .
REÚNA AMIGOS QUE APRECIAM VINHO

É muito divertido e gostoso compartilhar com amigos.E a aprendizagem é maior com a troca de opiniões.Podem começar com vinhos básicos e ir avançando.Há inúmeras formas:comparar a mesma uva de diversas regiões,todos os vinhos de uma região,estilos de elaboração, etc.Pode ser só o vinho ou com petiscos ou jantar.

PROVE VINHOS MAIS COMPLEXOS

Se puder,prove vinhos mais complexos, vinhos diferenciados ,de vez enquanto.Eles vão dar a você novas sensações de aromas e sabores e deixa-lo conhecer a enorme disponibilidade de opções .

PROVE VINHOS MAIS LEVES

O vinho é acompanhamento perfeito da comida.Assim,há várias propostas de harmonizações e a maioria delas tem a ver com a estrutura do vinho e da comida.Você verá que com a sinergia de ambos,o conjunto crescerá.Portanto,com pratos leves,tome vinhos menos estruturados também.

CONHEÇA ESPUMANTES,FORTIFICADOS E LICOROSOS

São perfeitos para abrir e fechar refeições ou apreciados sozinhos.Com eles ,seu mundo do vinho fica completo. Os secos no inicio das refeições e os doces ao final.

VISITE REGIÕES VINÍCOLAS E SEUS PRODUTORES

Ir a fonte e conhecer os produtores e seus vinhedos é muito gratificante e motivo de muito aprendizado.Assim,em suas viagens,procure incluir no seu roteiro uma destas visitas.Aqui mesmo em SC voce pode subir a serra e ir até S.Joaquim ou Agua Doce e terå ótimos passeios.Também  vå a serra Gaúcha ,onde o enoturismo estå bastante avançado. E para ficar aqui próximo, visite Mendoza na Argentina ,por exemplo.São belas oportunidades de conhecer o mundo do vinho.

Feito isso você começará a entender:

A DIFERENÇA ENTRE VINHOS ENCORPADOS E LEVES
É o corpo do vinho.Exemplificando:girando numa taça um leite desnatado e um integral percebemos que o integral se movimenta mais lento,pela sua maior estrutura.Ou para dois vinhos :um leve carmenère versus um barolo .

TANINOS
Na medida que você se aprofundar ,perceberá melhor os taninos,aquela sensação de trava na boca,como numa banana verde.Um leve Pinot Noir tem pouco taninos,jå um belo Tannat,tem muitos.
ACIDEZ
Acidez ē frescor no vinho.Tomando ,por exemplo,o Vinho Verde português, você perceberá na boca uma forte salivação ao contrário de um chardonnay envelhecido em barricas.
AMADEIRADOS
Um tinto que passe por barricas terá aromas a baunilha,muito freqüentemente.Assim um tinto jovem,sem passagem pela madeira,terá mais frescor e é mais frutado se comparado com um cabernet sauvignon chileno com muitos meses de estágio em barricas.

Agora ,se você tem outros hobbies e quer só tomar por prazer sem ter objetivo de se aprofundar,ok.Vá numa casa especializada e peça sugestão ao “sommelier”.Hå inúmeras alternativas para agradar seu paladar.Em Joinville recomendamos a De Marseille/Enoteca Decanter no centro e a De Marseille/Multi Marcas no Saguaçú.
(1)DWD em 15/08/14 em Joinville: degustação de 130 vinhos diferentes do mundo e (2) Cursos de Iniciação Ao Mundo do Vinho -informações 47-34344466 em Joinville.(varias informações aqui colocadas foram tiradas do Blog Tintos& Tantos adicionadas ao texto proprio).

 

Bookmark and Share